bom relacionamento com fornecedores bom relacionamento com fornecedores

Como manter um bom relacionamento com fornecedores?

6 minutos para ler

Engana-se quem pensa que seu negócio é uma organização isolada e independente. A verdade é que seus parceiros são os responsáveis por assegurar o fornecimento dos serviços e produtos necessários para que o estabelecimento funcione sem grandes problemas.

Sendo assim, a obtenção de bons resultados ou oferecimento de um bom custo-benefício da sua parte não é fácil quando a empresa não valoriza os diversos fatores que a fazem funcionar. Por isso, é preciso criar e cultivar um relacionamento satisfatório com todos aqueles ao seu redor, que compartilham contato com sua empresa e interferem diretamente em sua produtividade.

Neste post, você terá acesso a algumas dicas valiosas para desenvolver e manter um bom relacionamento com fornecedores. Ficou curioso? Continue a leitura para saber mais!

Negocie valores e prazos

Antes de escolher os fornecedores ideais e fechar negócio, você já sabe que deve estudar minunciosamente todos os detalhes propostos por seus candidatos, incluindo a precificação de produtos, formas de pagamento, prazos de entrega e outras condições primordiais para a forma como ambos devem trabalhar.

Após esse alinhamento, o ideal é que ambas as partes formalizem e estudem um contrato que possam cumprir integralmente, a fim de evitar surpresas e incompatibilidades de expectativas.

Mostre que você é um bom cliente, afinal seus fornecedores também são uma empresa. Por isso, pague sempre em dia e seja transparente caso algum imprevisto aconteça no ponto de vista financeiro. Nunca espere que seu parceiro cobre a própria remuneração ou tenha prejuízos, pois isso certamente prejudicará a imagem de seu negócio.

Compartilhe informações sobre seu negócio

Mantenha os fornecedores informados sobre mudanças na sua equipe, lançamentos de novas linhas de produtos e promoções especiais. Isso permite que eles saibam que você valoriza o relacionamento com eles e deseja que também se sintam parte da empresa.

Este contato também é importante porque favorece a oportunidade de fazer seu fornecedor se sentir mais à vontade para encontrar e oferecer serviços adicionais, que se adaptam melhor ao seu negócio. Além disso, se você informar que está executando uma promoção que poderia aumentar o volume de vendas, por exemplo, eles poderão se preparar melhor para atender a um pedido maior que o normal.

Conheça quem trabalha para você

Parece óbvio, mas o bom relacionamento com fornecedores exige que você realmente conheça as pessoas com as quais está lidando. Neste contexto, a comunicação digital é prática e eficiente, mas o olho no olho também é essencial. Afinal, o trabalho será mais fácil quando vocês se entenderem melhor.

Por isso, é recomendado que você visite os escritórios de seus fornecedores, se informe sobre seus propósitos e investidores, convide-os para conhecer sua empresa e, se possível, se reúna com eles para almoçar ou até mesmo tomar um café. Apesar de simples, essas são excelentes maneiras de criar um relacionamento pessoal, que pode fortalecer sua parceria.

Pense em planos em longo prazo

Diante de uma relação de colaboração e crescimento mútuos, é preciso pensar em longo prazo. Isso funciona como uma forma de incentivo para que os fornecedores aprimorem seus serviços e ofereçam técnicas mais eficazes para atender a sua demanda. Afinal, quando você conhece como ninguém a rotina de produção do seu cliente, fica mais fácil personalizar sua abordagem.

Estabelecer um plano visando ao crescimento da parceria é pertinente não apenas para levar o fortalecimento do relacionamento em conta, mas também para considerar variações de câmbio, taxas, recompras, gestão de estoque e saber o que fazer em cada situação distinta.

Para que não haja acomodações, elabore um planejamento de longo prazo com metas, indicadores de desempenho e avaliações regulares da qualidade do serviço prestado pelo fornecedor. Assim, tanto ele quanto sua organização terão uma melhor previsão de demandas e faturamento.

Facilite o trabalho do seu fornecedor

Já sabemos que você deve oferecer um prazo de entrega alinhado e adequado ao perfil de seus fornecedores, mas você precisa ter total clareza sobre o quão importante é comunicar suas necessidades continuamente. As crises nem sempre podem ser evitadas, mas se você é um cliente que chama repetidamente os fornecedores com serviços de última hora, seu relacionamento acabará desgastado.

Não espere que seus fornecedores sempre antecipem suas necessidades. O que você solicita pode ser distinto o suficiente para exigir mais tempo, ou o que você deseja nem sempre pode estar suficientemente claro. Trabalhe e converse constantemente com eles, para que sejam capazes de entender o que você precisa.

Reconheça o trabalho bem-feito

A valorização é a chave de um bom relacionamento com fornecedores. O fato é que o um serviço bem-feito deve ser estimulado para que a parceria se fortaleça e a chance de atritos entre ambas as partes diminua. Existem várias atitudes simples que você pode tomar para que seu fornecedor se sinta reconhecido.

Enviar e-mails de felicitações em datas especiais, oferecer brindes para que eles possam experimentar a marca e conceder descontos na prestação de serviços de sua empresa são algumas estratégias simples, porém muito eficazes para fortalecer a parceria.

Dê o exemplo

Pode ser tentador esperar tudo do seu fornecedor: custos reduzidos, entrega imediata, flexibilidade em caso de emergências, comunicação clara e transparente. No entanto, não se esqueça de que um relacionamento é uma via de mão dupla e que, se você deseja um fornecedor incrível, é importante dar o exemplo e incorporar todas as características que você deseja ver. Afinal, uma verdadeira parceria aproveita o trabalho em conjunto para obter vantagens direcionadas a ambas as partes.

Por fim, lembre-se de que um bom relacionamento com fornecedores é feito por pessoas, e não por máquinas ou um contato exclusivamente digital. Estabelecer uma parceria certamente pode render muitos benefícios e, com o tempo, os fornecedores podem ser futuros advogados do seu negócio (ou quem sabe, até mesmo novos clientes).

Se você achou as informações deste post úteis, não deixe de assinar nossa newsletter! Dessa forma, você terá acesso a todas as novidades do blog e poderá receber conteúdos como este em primeira mão, diretamente em seu e-mail!

Posts relacionados

Deixe um comentário