calendário sazonal calendário sazonal

Calendário sazonal: como montá-lo e planejar ações estratégicas?

7 minutos para ler

O varejista conhece de perto o impacto de feriados e datas comemorativas nos negócios. Natal e Dia das Mães, as meninas dos olhos dos comerciantes brasileiros, ganharam, nos últimos anos, a companhia da Black Friday que está a cada edição mais consolidada no país. Assim, montar um calendário sazonal e planejar ações específicas é indispensável para tirar máximo proveito do potencial de vendas dessas datas tão aguardadas. 

Após um período de queda entre 2014 e 2016, as principais datas do varejo vêm mostrando crescimento consistente nos últimos anos. Em comparação com 2017, o Natal apresentou uma alta de 4,0% em 2018, e a Black Friday, de 4,7%

Neste artigo, vamos discutir quais são as datas mais importantes para o comércio nacional, como você pode ir além das ações de marketing para o Natal e a Páscoa e o que não pode faltar no seu cronograma. 

Principais datas sazonais do Brasil

Montar um calendário sazonal deve levar em consideração seu público-alvo, seus canais de venda e, claro, o seu produto. Todavia, algumas datas são básicas para boa parte dos lojistas. Essas são aquelas que você — provavelmente — não quer deixar passar:

  • Carnaval: entre fevereiro e o início de março;
  • Dia Internacional da Mulher: 8 de março;
  • Páscoa: entre março e abril;
  • Dia das Mães: segundo domingo de maio;
  • Festas juninas: junho;
  • Dia dos Namorados: 12 de junho (mas a data do Hemisfério Norte, o Valentine’s Day, acontece no dia 14 de fevereiro e vem ganhando força no Brasil);
  • Dia dos Pais: segundo domingo de agosto;
  • Dia das Crianças: 12 de outubro;
  • Black Friday: sexta-feira seguinte ao Dia de Ação de Graças (que acontece na quarta quinta-feira de novembro);
  • Natal: 25 de dezembro.

É importante ressaltar que essa não é uma lista extensiva, o que você pode encontrar clicando aqui. Algumas datas, ainda, são especialmente fortes no comércio digital, como o Dia do Consumidor (15 de março) e o Dia do Frete Grátis (que aconteceu, em 2019, no 28 de abril). 

Outras datas sazonais, mesmo que menos populares, podem dialogar bem com o seu cliente. O Halloween (31 de outubro), por exemplo, tem inserção entre crianças e jovens e pode valer uma ação pontual se você vende doces e/ou fantasias. Além disso, existe uma data para quase tudo — profissões, graus de parentescos, esportes etc. — e você pode adicionar aquelas que fazem sentido para o seu negócio. 

Ações de marketing e vendas para seu calendário sazonal

Cronograma na mão, é hora de pensar em ações que podem ajudar o seu comércio a aproveitar o máximo dessas datas. 

Marketing digital

96,2% das empresas estão nas redes sociais, então mesmo que você não trabalhe com vendas online, seu negócio tem a sua presença digital, certo? Logo, nada mais natural do que ter sua estratégia de marketing digital e o seu calendário sazonal trabalhando juntos. 

Nas redes sociais, trabalhe sua identidade visual para as datas mais importantes do ano. Na Black Friday, por exemplo, vale trocar sua imagem de perfil e capa do Facebook para que seus seguidores saibam que sua loja está participando do evento. Lembre-se sempre de que quem não é visto não é lembrado. Assim, se você tem opções de presentes para o Dia das Mães, use seus perfis nas redes para que seus clientes saibam disso.

Branding

As suas metas de venda não são o único item do seu planejamento que pode ser fortemente impactado por ações sazonais. Muitas vezes, elas podem até ficar em segundo plano enquanto você se volta para o fortalecimento da sua marca.

83% dos brasileiros preferem comprar de empresas com as quais compartilham valores pessoais, segundo dados da pesquisa Global Consumer Pulse de 2019. É por esse motivo que cada vez mais empresas abrem mão de se manterem neutras e assumem posicionamentos em questões do debate público. 

Quanto mais você conhece o seu cliente, mais fácil é realizar ações que vão nesse sentido. Uma publicação em apoio ao Outubro Rosa ou divulgar os cuidados da sua empresa com reciclagem no 5 de junho, Dia do Meio Ambiente, são exemplos simples e que funcionam bem, causando empatia entre marca e cliente.

Essas são algumas datas sociais que podem integrar seu calendário sazonal:

  • Dia Mundial do Meio Ambiente: 5 de junho;
  • Dia do Orgulho LGBTI: 28 de junho; 
  • Dia da Consciência Negra: 20 de novembro;
  • Dia Mundial do Doador de Sangue: 25 de novembro;
  • Setembro Amarelo: prevenção ao suicídio;
  • Outubro Rosa: conscientização da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. 

Produtos específicos, espaços especiais

Lojas com portfólio amplo de produtos, como supermercados, podem investir em compras diferenciadas pensando em datas sazonais. Se você não deixa faltar peru na semana anterior ao Natal e nem ovos de chocolate próximo à Páscoa, então é só estender essa lógica para outras datas. Um pedido pontual de flores, por exemplo, pode ser sucesso de vendas no dia 8 de março.

O Carnaval de rua é tradicional na sua cidade? Confete, serpentina e companhia provavelmente merecem uma seção especial no seu mercado. Também vale a pena trabalhar os gatilhos mentais e a memória afetiva dos seus clientes: crie um espaço temático para os produtos tipicamente associado às festas de junho, por exemplo.

Sampling de produtos

Estratégia das mais tradicionais em ramos como supermercados e perfumarias, sampling é o velho hábito de dar amostras grátis. Seus fornecedores certamente trarão algumas novidades e produtos de produção limitada para as datas sazonais mais badaladas do ano, como o Natal e a Páscoa, então nada mais justo que voltar ao beabá e dar uma prova para seus clientes. 

Com o forte apelo cultural que é natural dessas datas, muitos itens sazonais, como panetones e ovos de páscoa, têm margens de lucro acima da média, mas, por outro lado, seus clientes podem ter tradições e gostos consolidados e alguma resistência a novidades. Você pode tanto conversar com os representantes comerciais e abrir espaço para merchandising da marca quanto realizar ações por conta própria.

Concursos e sorteios

Ainda na categoria “clássicos”, temos o bom e velho sorteio. Distribuir números em compras acima de certo valor e sortear uma bela cesta com alguns dos seus melhores produtos de apelo natalino custa pouco para o lojista e ainda não perdeu o seu charme junto ao público. Uma tarde de spa para o Dia das Mães, o brinquedo da moda no Dia das Crianças ou um jantar em um ótimo restaurante para o Dia dos Namorados: as possibilidades são muitas.

Um calendário sazonal bem planejado — e bem executado — significa aproveitar o máximo de datas que estão enraizadas nas tradições brasileiras. Não se esqueça, também, de se manter sempre atualizado e acompanhar de perto as tendências do varejo.

Calendário sazonal na mão e cheio de ideias? Então, confira este artigo que separamos sobre trade marketing no varejo.

Posts relacionados

Deixe um comentário