cartão private label cartão private label

Cartão private label: um guia completo para você usar no seu negócio

17 minutos para ler

Conforme o tempo vai passando, fica mais raro encontrar dinheiro na carteira dos brasileiros. Isso se dá, basicamente, por duas razões: comodidade e crise financeira.

Sobre a primeira, o uso de cartões proporciona maior conveniência para os consumidores. Isso porque evita que carreguem um grande volume de notas e moedas na carteira. No mais, elimina o risco de não terem o valor necessário para realizar determinada compra. Por último, trazem mais segurança em casos de roubo — basta fazer o cancelamento do cartão, sem prejuízo financeiro.

O outro aspecto é a busca por alternativas de crédito por parte da população em períodos de crise. Informações divulgadas pelo Banco Central comprovam o difícil momento econômico vivenciado no país. Segundo a instituição, em 2019, as dívidas no setor de financiamento imobiliário, por exemplo, aumentaram 1,6 ponto percentual em relação ao ano anterior.

Uma pesquisa feita pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) constata a tendência do uso do cartão de crédito. Ela constatou que 14% das compras realizadas em 2018 utilizaram essa forma de pagamento — correspondente a mais de R$965 bilhões em receita.

E, tendo conhecimento dessa situação, os lojistas vêm aderindo ao private label como uma estratégia em seus negócios. Se você ainda não utiliza esse recurso, reunimos aqui todas as informações que precisa saber sobre ele.

Continue a leitura e entenda como esse cartão funciona, quais são suas vantagens — para a loja e para os clientes — e de que forma ele pode ser utilizado pelas empresas!

O que é o cartão private label

O cartão private label também é conhecido pelos consumidores como cartão de crédito da loja. Ao contrário dos cartões de crédito comuns, o ele pode ser utilizado apenas em uma determinada rede de varejo ou supermercado.

Ele é concedido, normalmente, a pessoas que já são clientes da loja. Contudo, apesar de ser disponibilizado pelo próprio varejista, é administrado por um banco ou empresa de financiamento.

Os cartões de lojas surgiram no Brasil com o objetivo de concessão de crédito para pessoas de renda mais baixa. Porém, hoje, já são considerados itens de extrema importância para atração e fidelização de clientes — principalmente no atual cenário altamente competitivo.

É importante que, ao elaborar suas estratégias, você esteja atento para quando utilizará cada um dos tipos de concessão de crédito existentes. Por isso, falaremos a seguir sobre as particularidades e principais usos de cada tipo de cartão.

A diferença entre cartão private label, cartão co-branded e crediário

O crediário era uma solução de crédito muito utilizada nas décadas de 1970 e 1980, principalmente por grandes redes de varejo. O intuito era permitir que as pessoas sem acesso a cartões de crédito pudessem parcelar suas compras.

Contudo, na maior parte dos casos, os consumidores acabavam pagando altas taxas de juros para usufruir de tal facilidade. Desde sua implementação, os valores das parcelas são fixos, já tendo os juros e correção monetária calculados.

No início dos anos 2000, o crediário perdeu força por conta da popularização dos cartões de crédito e redução dos juros para a compra de bens ou serviços. Logo, as grandes lojas da época, principalmente de vestuário, passaram a utilizar cartões com marca própria.

Com o private label, há a oferta de mais benefícios para os clientes e uma garantia maior que os consumidores paguem pelas compras realizadas. No mais, ele conta com uma menor chance de falhas em sistemas, proporcionando mais segurança.

Hoje, além desses cartões, as grandes redes de varejo oferecem, ainda, a opção de um cartão co-branded. Esse tipo de cartão também é emitido por uma rede de lojas. A principal diferença é que com ele é possível fazer compras em outros estabelecimentos além daquele em que foi emitido.

Fatores como a taxas de anuidade, os juros de parcelamento e a utilização internacional variam caso a caso, tanto para o cartão private label quanto para o co-branded.

É importante ressaltar que algumas redes de varejo proporcionam essas duas opções de cartões para seus clientes. Nesses casos, o cliente deve conhecer as suas diferenças a fim de escolher a opção que melhor lhe atenderá.

Como usar o cartão private label na sua loja

Se você está pensando em aderir a esse tipo de cartão, é importante entender quais processos são necessários para que ele seja empregado em seu negócio e possa proporcionar uma boa experiência para o seu cliente.

A sua estratégia deve ser planejada de forma geral. Você precisa pensá-la desde o momento da aquisição de clientes até o atendimento e relacionamento com esses consumidores.

Para iniciar o processo de venda, é preciso que entenda o perfil, comportamento e necessidades dos clientes que são potenciais usuários do cartão da sua loja. Essa prospecção deve ser feita pela sua própria equipe, a fim de manter o discurso e o bom atendimento.

Após a conquista dos interessados, é necessário fazer a análise de crédito dos clientes. Para isso, é importante que a equipe conte com o auxílio de uma empresa especializada — ainda que se mantenha à frente do processo.

Com o crédito aprovado, é realizada a confecção e entrega do cartão. Esse procedimento também pode ser feito na loja, na hora da aprovação do crédito, ou pode-se optar pelo envio via correio para a residência do cliente.

Quando o cliente inicia a utilização do cartão private label, a loja deve fazer o processamento das compras realizadas em estabelecimentos da rede. Assim, por meio da leitura de cartão, há a aprovação ou rejeição da transação. Sendo aprovada, é preciso fazer seu faturamento, gerando a nota de pagamento para o cliente.

Logo, é importante que sua loja tenha uma área responsável pela cobrança de consumidores inadimplentes que utilizam o cartão com a sua marca. Além, claro, de uma equipe focada no relacionamento com esses clientes. Assim, eles perceberão o tratamento diferenciado como uma vantagem de ter o cartão da sua loja.

Vantagens do cartão private label para o lojista

A Abecs prevê um crescimento do uso dos cartões private label para os próximos anos no Brasil. A adesão mais frequente para esse tipo de crédito se dá, entre os muitos motivos, pelo aumento do número de lojas que oferecem cartão próprio para seus clientes.

Se você ainda não disponibiliza a opção do cartão da sua loja para seus consumidores e não tem muito claro se vale a pena investir nesse tipo de benefício, confira os próximos tópicos deste post. A seguir, indicamos as principais vantagens do cartão private label para os lojistas.

Definição das condições de pagamento

Quando os clientes fazem a compra no cartão de crédito comum, eles precisam realizar o pagamento após o fechamento da fatura seguinte. Essa data varia de acordo com o período em que a compra foi efetuada, podendo chegar até 40 dias, mas não mais do que isso.

Já com o cartão private label, o lojista pode definir as condições de prazo de pagamento. Assim, é possível oferecer como benefício o pagamento da primeira parcela após dois ou três meses, por exemplo. Isso é visto pelos clientes como uma vantagem e, portanto, pode levá-lo a aumentar suas vendas.

Além disso, você passa a ter mais autonomia para gerenciar suas estratégias comerciais. Ou seja, pode criar promoções sazonais com melhores condições de pagamento para os usuários. É possível, ainda, executar tais ações de maneira mais rápida, como resposta a ações dos concorrentes, por exemplo.

Acompanhamento fácil das transações

Com o cartão private label, os lojistas, gerentes de lojas e demais líderes da sua empresa podem conduzir todas as transações de modo mais fácil. Por meio de um sistema integrado, basta estar online para acompanhar, em tempo real, as compras realizadas pelos clientes. Isso garante que seus processos sejam mais dinâmicos e seguros.

Tal praticidade também permite entender quem está indo à sua loja, em qual dia e horário. Com o cartão próprio, você reúne diversas informações sobre o cliente e, consequentemente, consegue realizar promoções e oferecer vantagens a esses usuários de formas mais certeiras e em momentos mais apropriados.

Fidelização de clientes

Um dos principais benefícios do uso de cartão com a sua marca é a fidelização de clientes. A boa experiência que a sua loja proporciona aos seus consumidores é fundamental para que eles sejam fidelizados e se tornem promotores da sua rede de lojas.

Uma forma de fazer com que os clientes sejam mais leais, é proporcionar benefícios como parcelamentos especiais e sistemas de pontuação — que detalharemos mais à frente. Uma vez que você tem um grande número de informações desse grupo de consumidores, é possível, ainda, promover campanhas de marketing segmentadas de acordo com seus perfis e comportamentos de compra, por exemplo.

Geração de relatórios

Vivemos rodeados de informações, obtidas pela era do big data. Isso significa que os dados têm, cada vez mais, um papel fundamental para o planejamento e tomadas de decisões de curto, médio e longo prazo.

Com o uso do sistema integrado, citado acima, o lojista recebe informações diárias, semanais e mensais acerca das transações realizadas. Com isso, é possível gerar relatórios gerenciais que reúnem e relacionam os dados sobre as compras dos seus clientes com o cartão private label.

A partir desses relatórios, fica mais fácil interpretar as tendências e gargalos para criar ações acertadas. Melhorias nos benefícios oferecidos aos clientes ou alterações nas condições de crédito disponibilizadas são exemplos de iniciativas que podem ser desenvolvidas.

Fortalecimento de marca

Há diferentes maneiras de fortalecer a sua marca perante o mercado. Por isso, são realizadas diversas ações de branding para alcançar esse objetivo — sendo o uso do cartão da loja uma delas.

O cliente que tem o cartão da sua loja carregará todos os dias a sua marca aonde quer que vá. Dessa forma, sempre que abrir a carteira, lembrará da sua empresa e das experiências que ela o proporciona.

Além disso, quanto maior a sua base de clientes, mais valor você adquire quando comparado aos seus concorrentes. O cartão pode ser um atrativo para o público se interessar pela sua loja e passar a frequentá-la, uma vez que perceberá a notoriedade da sua marca.

Maior ticket médio

O cartão private label aumenta o poder de compra do cliente. O motivo é simples: sua loja está proporcionando mais prazo e condições especiais de pagamento dos bens e serviços vendidos.

Consequentemente, o consumidor se permite comprar um pouco mais do que caso estivesse utilizando o cartão de crédito comum ou dinheiro. Em síntese, ele gasta mais pois percebe e acredita nas vantagens proporcionadas.

Então, além de atrair consumidores à sua loja com mais frequência, você ainda aumenta a conversão de clientes digitais. Com isso, fortalece sua presença virtual e garante um canal de vendas propício para o nicho de clientes no meio online.

Vantagens do cartão private label para o cliente

A adoção do cartão com a sua marca também proporciona diversas vantagens para os clientes. Afinal, não faria sentido sua loja oferecer esse recurso caso os consumidores não ganhassem nada com ele.

Conhecer e entender as vantagens que o comprador pode ter ao utilizar o cartão da sua loja, fará com que a promoção do seu cartão private label seja mais eficiente.

Por isso, reunimos abaixo os principais benefícios que são obtidos pelos seus clientes e quais argumentos de vendas você poderá utilizar!

Facilidade e comodidade para comprar

Como falamos, o uso do cartão para fazer compras cresce a cada dia. Nesse sentido, é relevante destacar a comodidade proporcionada aos clientes que utilizam o cartão da sua loja.

Além de não precisar estar com dinheiro para poder fazer uma compra, ele não compromete o limite do cartão de crédito pessoal. Assim, permite que os clientes comprem mais sem a preocupação de ficarem sem uma reserva para imprevistos.

Crédito pré-aprovado

Para aderir o cartão da sua loja, não é necessário que o consumidor tenha conta em banco. No mais, a concessão de crédito acontece de forma rápida e sem burocracia.

É possível fazer a aprovação do crédito na hora, desde que o cliente apresente seu CPF. Se o usuário tiver crédito aprovado, não há a necessidade de novas aprovações. Sendo assim, o crédito disponível é recalculado automaticamente a cada parcela paga.

Tempo para pagamento

Na maioria das redes de lojas, os clientes adeptos ao private label conseguem escolher a data de vencimento de suas faturas. Assim, podem optar pelo dia que fica mais conveniente para efetuarem o pagamento.

Além dessa possibilidade, o uso de tal cartão concede mais tempo para iniciar a quitação das parcelas do que os cartões de crédito comuns, como já citamos. Algumas lojas disponibilizam até 90 dias para realizar o pagamento do parcelamento.

Essa flexibilidade, principalmente no que diz respeito ao maior prazo para pagamento, pode ser um fator que leva o cliente a aderir ao cartão e realizar mais compras por meio dele.

Estratégias do cartão private label em lojas

Para que você e seus clientes consigam usufruir de todas essas vantagens, é preciso estruturar um planejamento estratégico ao adotar o cartão da sua loja. Tais ações podem se tornar fundamentais para a satisfação dos consumidores com o uso do cartão e, consequentemente, para os resultados do seu negócio.

Abordamos algumas ideias do que você pode realizar nesse processo. Descubra a seguir!

Responder às dúvidas dos clientes

Muitas pessoas ainda acham que o uso de cartões de crédito está atrelado a juros altos, que farão com que fiquem endividadas. Isso é reflexo da popularidade do crediário nas décadas passadas, como já mencionado.

Por conta disso, parte do público apresenta certa resistência a tal tipo de pagamento e nem ao menos busca saber o que é o private label. Sendo assim, é preciso esclarecer para os clientes o funcionamento e os benefícios desse cartão.

Uma dica é investir em treinamentos e materiais que possam servir de apoio para os colaboradores da loja resolverem todas as dúvidas dos compradores acerca do assunto. Assim, reduzirão o receio dos consumidores ao aderirem o novo meio de pagamento.

Pagamento de fatura presencial

Uma prática muito comum entre as redes que usam o private label é ter como regra o pagamento das faturas na loja. Assim, a empresa leva os usuários do cartão a fazerem recorrentes visitas a uma de suas unidades.

Isso faz com que haja um aumento do fluxo de pessoas nos pontos de venda e leva os clientes a manterem um contato constante com seus produtos e ofertas, elevando a chance de realizarem mais compras.

Ofertas especiais

É possível executar uma estratégia de divulgação de ofertas para os clientes em datas específicas do mês. Sabendo que os consumidores estarão na loja para o pagamento de suas faturas em determinado dia, você pode criar meios de despertar a intenção de compra antes mesmo dessa data. Assim, quando forem à loja para quitação de seus débitos, já estarão inclinados a adquirirem os produtos em que tiveram interesse.

É importante ressaltar que essas estratégias devem estar alinhadas com o estilo e comportamento de compra do consumidor. Para isso, é possível analisar os dados obtidos nos relatórios gerenciais e promover produtos e serviços mais adequados para o momento vivenciado pelo cliente.

Parcerias B2B

Uma estratégia eficaz na adesão do cartão com a sua marca consiste na busca por outras empresas com as quais sua loja possa realizar parcerias. Assim, além de ser uma iniciativa benéfica para ambos os negócios, ainda garante vantagens para o consumidor.

Para isso, é possível fazer uma campanha de marketing em conjunto a fim de reforçar as duas marcas. Você pode, também, firmar parcerias com empresas de serviços, como seguro e telefonia, para que possa ofertar um plano especial aos clientes que possuam o cartão private label.

Há, ainda, a opção de criar uma promoção na qual o cliente acumule pontos nas compras realizadas na sua loja e troque por descontos ou produtos das lojas parceiras.

Sistema de pontuação

Outra sugestão é promover o sistema de pontuação para gerar benefícios aos compradores na sua própria loja. Desse modo, você o estimula o cliente a comprar mais, recompensando-o com benefícios do seu negócio.

Além de aumentar o ticket médio da sua empresa, você garante ao cliente uma mudança de status, o direito a um tipo de atendimento, descontos ou preview de novas coleções em primeira mão, por exemplo.

Como escolher o emissor do cartão private label

Para incluir o private label em sua estratégia, sua rede de lojas deve ter uma empresa emissora dos cartões de crédito. A fim de evitar problemas no futuro e garantir um negócio de sucesso, é preciso estar atento a alguns fatores na hora de escolher essa empresa.

Transparência

A empresa que você selecionar para fazer a emissão do seu cartão de crédito deve ser sua parceira e, em um relacionamento de parceria, é fundamental ter transparência. Isso quer dizer que é necessário que todos os prazos, metas e necessidades do serviço sejam apresentados desde o primeiro contato, garantindo um alinhamento entre as partes.

A transparência nessa relação evita mal entendidos e ruídos de comunicação. Isso traz uma maior clareza de como o serviço de emissão será entregue à loja. É preciso acordar antecipadamente se o cartão será de marca exclusiva ou compartilhada entre a loja e a empresa de crédito, por exemplo.

Foco no cliente

Por último, mas não menos importante, é preciso entender que as empresas estão trabalhando em parceria a fim de proporcionar um bom serviço e experiência aos clientes. Afinal, os consumidores estarão constantemente conversando com a sua marca.

O cliente e suas necessidades devem tratados ser como prioridade, prezando sempre pela qualidade do atendimento. Deixe claro para organização emissora quais os direcionamentos condizem com a postura de sua loja, evitando incoerências nesse contato com os compradores.

A FortBrasil é uma empresa líder na emissão de cartões private label, atuando há 15 anos no mercado da concessão de crédito rápido e consciente para clientes e parceiros. Ela oferece um sistema seguro e garante o recebimento das suas vendas a prazo dentro da data estabelecida.

Firmando essa parceria, você proporciona um maior poder de compra para os clientes consumirem em sua loja, aumenta seu ticket médio, reduz os custos operacionais e ainda fortalece sua marca.

Gostou? Junte-se à FortBrasil e aproveite todos esses benefícios! A empresa está disponível para tirar todas as suas dúvidas sobre as ofertas de cartão private label. Para iniciar uma conversa, preencha o formulário com suas informações e um dos consultores entrará em contato. 

Posts relacionados

Deixe um comentário