como economizar no supermercado como economizar no supermercado

Como economizar no supermercado? 11 dicas que ajudarão você nas compras

7 minutos para ler

Dentre todos os gastos mensais fixos que a sua família tem, um dos que mais costuma pesar o bolso são as compras de alimentos e bebidas. Além da variação frequente dos preços, ainda há um pequeno problema que costuma afetar muitas pessoas: a falta de organização, planejamento e foco na hora de passar pelos corredores dos supermercados.

Seja porque os filhos sempre pedem algum biscoito diferente, seja porque você não resiste e leva um produto mais caro apenas por causa da marca, gastar menos pode parecer uma tarefa difícil. Porém, vamos ajudar você a simplificar a sua rotina, dando as melhores dicas de como economizar no supermercado! Bateu a curiosidade de saber mais? Então, continue a leitura!

1. Faça uma lista de compras

Caso você não tenha o costume de fazer uma lista de compras antes de ir ao supermercado, saiba que esse é um passo muito importante para conseguir economizar. Não se esqueça de que, ao chegar lá, você deve seguir à risca essa listagem que fez em casa e evitar ao máximo a compra de qualquer outro produto que não esteja anotado.

Para se organizar, olhe na sua despensa e na geladeira quais são os itens que estão faltando ou que estão prestes a acabar. Faça um cardápio semanal, planejando quais serão os pratos e o que você precisará para as receitas, em seguida, anote cada produto por categoria. Assim, fica mais fácil de encontrar o que você precisa.

2. Pesquise os preços

Nem sempre o supermercado que fica ao lado da sua casa conta com os melhores preços para você. Mesmo com o custo de deslocamento, muitas vezes compensa mais ir a outra região da sua cidade para fazer as suas compras. Por isso, faça uma pesquisa de preços utilizando folhetos, sites e redes sociais, ou dê uma passadinha nos varejistas e atacadões para encontrar um lugar que ofereça as melhores condições.

3. Não vá ao supermercado com fome

Um dos maiores erros que costumamos cometer é ir às compras com fome ou com vontade de comer algo diferente, como pizzas e salgadinhos. A tendência é que você acabe incluindo esses itens no carrinho ou, até mesmo, consuma-os enquanto circula pelo supermercado — caso isso seja permitido.

Por isso, faça um lanche ou uma refeição completa e tente ao máximo controlar a ansiedade antes de sair de casa. A mesma recomendação vale para as crianças e quem mais for acompanhar você durante as compras. Dessa forma, serão menores as chances de gastar muito além do que deveria e de acabar se arrependendo depois!

4. Utilize a calculadora

A melhor amiga de qualquer pessoa que vai abastecer a despensa é a calculadora. Com essa ferramenta em mãos, você consegue somar todos os valores dos produtos no carrinho antes de ir para o caixa, bem como fazer os cálculos para entender se levar um produto em maior quantidade seria mais vantajoso que aquele com menos gramas ou litros, por exemplo.

5. Não se apegue a grandes marcas

Nem sempre as marcas mais famosas, que aparecem a todo tempo nas propagandas de TV, são as que vão oferecer um melhor custo-benefício para você. Dê uma chance e explore outras opções disponíveis com um preço mais em conta. Alguns supermercados, inclusive, tem investido em marcas próprias, que costumam ser mais baratas.

6. Opte pelo hortifrúti da estação

A cada época do ano, há uma oferta maior de algumas frutas, verduras e legumes, devido à safra. Nesses períodos, além de os produtos estarem mais frescos e nutritivos, eles terão um valor muito melhor do que fora do seu tempo de produção natural. Por isso, fique sempre atento às estações do ano e quais são os hortifrúti mais comuns em cada uma delas para conseguir fazer boas comprar e, é claro, economizar. Veja alguns exemplos:

  • primavera — abóbora, berinjela, cenoura, couve-flor, alface, repolho, banana, caju, laranja e melão;
  • verão — abobrinha, agrião, alcachofra, batata-doce, mandioca, milho verde, abacaxi, abacate, goiaba e maçã;
  • outono — rúcula, brócolis, chuchu, jiló, quiabo, banana prata, coco, maracujá, tangerina e uva;
  • inverno — cenoura, inhame, acelga, couve, espinafre, mostarda, mamão, morango e tangerina.

7. Fique atento à validade

Um detalhe que pode fazer você gastar muito dinheiro é não dar uma olhadinha na data de validade dos produtos — em especial os que são mais perecíveis, como leite e derivados. Por isso, é importante conferir cada item antes de colocar no carrinho, optando por aqueles que você possa usar por mais tempo.

Algumas vezes, as promoções tentadoras são justamente as de alimentos e bebidas que estão muito próximos da data de vencimento. Caso você não tenha a intenção de consumi-los imediatamente, não faça a compra, mesmo que o valor esteja muito atrativo. Afinal, você poderá perder dinheiro e desperdiçar comidas.

8. Defina limites de gastos

Determinar um máximo de gastos que você e a sua família podem ter na hora de fazer as compras é uma boa prática. Com a ajuda da calculadora, dica que já citamos neste texto, você faz as contas enquanto pega os itens e, quando chegar no limite, passa pelo caixa. Caso não tenha ainda comprado tudo o que está na lista, volte procurando por alguns descontos, promoções e produtos mais em conta.

Com a variação de preço, esse valor pode até mudar um pouco de mês para mês, mas cuidado para não usar isso como uma justificativa para gastar a mais em todas as compras, combinado?

9. Eduque seus familiares

É muito comum que você ouça dicas relacionadas a não levar os filhos ou outros familiares para fazer as compras. Porém, sabemos que nem sempre isso é possível! Então, mais relevante do que deixar todo mundo em casa é ensinar sobre a importância de gastar menos e, é claro, apresentar a todos as dicas que damos a você neste post.

10. Fique atento ao melhor dia do cartão

Para fazer compras no cartão de crédito e não ficar com muitas parcelas acumuladas, o ideal é que você deixe para utilizá-lo no melhor dia, que é após o fechamento da fatura. Caso não saiba qual é essa data, fale com a central de atendimento do seu cartão, pois eles poderão dar essa informação a você.

11. Conheça os cartões da FortBrasil

A última dica, porém não menos importante, é ter um dos cartões de crédito da FortBrasil! É possível utilizá-los em mais de 35 mil lojas da rede credenciada e, ainda, contar com as seguintes vantagens:

  • parcelamento em até 12x;
  • até 40 dias para pagar;
  • seguros premiáveis, com sorteio mensal de R$10 mil;
  • cartão adicional gratuito;
  • anuidade transformada em bônus para o seu celular;
  • além de muito mais praticidade!

Começar a reestruturar as contas da família e ver um dinheirinho sobrar no final do mês é um grande sonho. Agora que aprendeu um pouco mais sobre como economizar no supermercado, você estará mais próximo de transformar esse desejo em realidade. Não esqueça de contar com a FortBrasil como o seu parceiro para gastar menos!

Ficou com vontade de colocar todas as dicas em prática? Então, comece entrando em contato conosco para fazer agora mesmo o seu cartão FortBrasil e boas compras!

Posts relacionados

Deixe um comentário