como escolher um cartão de crédito como escolher um cartão de crédito

Como escolher um cartão de crédito? Os principais pontos de atenção

7 minutos para ler

Herói ou vilão? O cartão de crédito caiu no gosto do brasileiro, mas ainda levanta dúvidas e receios. Com uma infinidade de opções no mercado, é fácil se perder entre promessas de descontos incríveis e passagens grátis de avião. Do outro lado fica o medo de taxas escondidas e os temidos juros, em caso de atraso no pagamento da fatura.

Neste artigo, nós vamos entrar um pouco mais a fundo no mundo dos cartões de crédito. Anuidade, limite, programas de benefícios e o tal do juros rotativo. Um pouco de tudo que você precisa saber antes de tomar uma decisão. Também tem a dica de ouro para usá-lo de forma responsável e o que fazer se o cartão de crédito que você quer não quiser você. É só seguir a leitura. 

Para entender um pouco mais sobre o universo dos cartões de crédito, nós batemos um papo com José Neto, um dos fundadores da FortBrasil. Confira!

Como escolher um cartão de crédito

Não existe um só cartão de crédito que seja perfeito para todo mundo. A sua renda, quanto você gasta por mês, se você já teve outros cartões de crédito e até onde você faz suas compras de mercado são fatores que podem — e devem! — influenciar na sua escolha. O melhor cartão de crédito é aquele que atende às suas necessidades e que você sabe o que está pagando.

O primeiro passo é entender que o cartão de crédito não é uma renda extra. Quando você tem seu limite  aprovado, a empresa que concedeu o cartão para você está dizendo, “tudo bem, a gente concorda em emprestar esse tanto de dinheiro por mês para você, e se você pagar até esta data aqui não cobraremos juros por esse empréstimo”. 

É claro que isso é uma simplificação, mas enxergar o cartão de crédito dessa forma pode ajudá-lo a não cair na ilusão de que aquele é um dinheiro novo que surgiu na sua vida. Como todo empréstimo, ele só acontece se os dois lados dessa história concordarem com os termos dessa operação. Abaixo listamos alguns pontos de atenção principais na hora de fazer essa escolha.

Bandeira e emissora

Emissora é quem gera aquele cartão de crédito. Pode ser um banco tradicional, um supermercado ou uma outra loja qualquer. No caso dos cartões de loja é muito comum que eles sejam uma parceria daquele estabelecimento comercial com alguma empresa de serviços financeiros como a FortBrasil, por exemplo.

A bandeira, por sua vez, é quem “está por trás” daquele cartão. É ela que vai definir se aquele cartão é aceito ou não em um estabelecimento. As duas mais populares tanto no Brasil quanto no resto do mundo são Visa e MasterCard. Para os cartões de loja é muito comum que eles tenham uma rede de lojas parceiras credenciadas onde eles são aceitos. Os da FortBrasil, por exemplo, são aceitos em mais de 35 mil lojas.

Segundo José, “se você está pela primeira vez pedindo um cartão de crédito pode ser que tenha dificuldade em conseguir ser aprovado, pois você não tem um histórico de crédito com o mercado, e as instituições financeiras têm um sistema de avaliação que tende a ser bem seletivo”.

“Histórico de crédito” é o nome dado à história da sua relação com bancos e cartões. É como eles decidem se dá para confiar ou não (e quanto dinheiro) em alguém. “Os bancos são mais rígidos, mas empresas como a FortBrasil têm uma política de crédito mais moderada e que permite às pessoas entrarem e construírem uma relação conosco”, nos explicou José. 

Juros e taxas

Você certamente já ouviu falar sobre os perigos de atrasar a fatura de cartão de crédito. O motivo é simples, os juros do rotativo são, realmente, muito altos. O “rotativo” é quando você paga apenas o mínimo da fatura e “empurra” o resto pro mês que, desde 2017, você só pode fazer isso por um mês. No mês seguinte se você não tiver como quitar a dívida terá que parcelar a fatura

E vamos ser diretos: nada disso é ideal; nada disso é uma boa ideia. O juros médio do rotativo é de 300% ao ano! A dica mais importante de todas é sempre pagar a sua fatura integralmente, assim você nunca vai entrar nessa bola de neve. Porém, como imprevistos acontecem, é importante você se informar e perguntar quais são as taxas cobradas em caso de rotativo ou parcelamento

Quanto ao medo de taxas ocultas, é importante entender todas as cobranças antes de adquirir um cartão. Depois que você começar a usá-lo, José orienta a sempre conferir a fatura com cuidado. Todas as cobranças devem, obrigatoriamente, aparecer ali. Caso você não entenda alguma taxa que consta no documento, entre em contato com a operadora e esclareça o que está sendo cobrado.   

Benefícios e Anuidade

A maior parte dos cartões de crédito cobram uma anuidade que pode ser dividida em até 12 vezes. Algumas anuidades são mais altas em troca de programas de benefício mais recheados. É importante pensar se a relação entre preço e benefícios faz sentido para você. De nada adianta um cartão que oferece milhas para voos, se para conseguir uma passagem grátis você teria que gastar muito mais do que realmente gasta.

Sempre pergunte quais são os benefícios e coloque isso na balança na hora de decidir. Pense também onde você gasta mais e com maior frequência, se você faz todas as suas compras em um mesmo supermercado, vale a pena analisar se eles têm uma opção de cartão de crédito e quais são as condições para o cliente. 

Atendimento

Por último, estude como é o atendimento. Se você gosta mais de resolver suas dúvidas pessoalmente, procure um cartão que tem boas opções de pontos de atendimento na sua região. Se você faz mais o tipo digital, é importante que seja possível acompanhar os gastos por meio de um aplicativo de celular que funcione bem. Tire todas suas dúvidas antes de solicitar o cartão e não tenha receio de fazer perguntas. 

A dica final, nas palavras de José Neto, é que “o cartão de crédito é algo que pode tanto fazer um bem como prejudicar a sua saúde financeira. Então, ter um cartão de crédito, quando usado com cuidado, é maravilhoso. Quando não há um desconto à vista, você está tendo um empréstimo a custo zero. Porém, tem que pagar as parcelas em dia. Use o cartão dentro das suas possibilidades”.

Esperamos que esse conteúdo tenha ajudado você a resolver algumas das suas maiores dúvidas sobre como escolher um cartão de crédito. E se você está pensando em adquirir um serviço que conheça as suas necessidades e ofereça ótimas condições nas lojas que mais importam para o seu dia a dia, venha conhecer os nossos cartões e entre em contato com a FortBrasil.

Posts relacionados

Deixe um comentário