E-commerce: como saber se é hora de abrir uma loja virtual

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Está pensando em expandir seu negócio, mas não tem certeza de qual seria a melhor localização? Nessa hora, a resposta menos óbvia pode ser a mais indicada: a internet. Abrir uma loja virtual tem sido o caminho escolhido por muitos varejistas tradicionais.

Basta ver os números do e-commerce para entender esse movimento: a expectativa é de que até o ano de 2022 o setor seja responsável por movimentar 150 bilhões de reais somente no Brasil.

Mas como saber se abrir uma loja virtual é mesmo o caminho indicado para o seu negócio? Para te ajudar, separamos abaixo os principais sinais de que é hora de levar seu comércio para a grande rede! Acompanhe conosco:

O que é um e-commerce ou loja virtual?

O e-commerce ou loja virtual é um termo para qualquer tipo de negócio, ou transação comercial, que envolve a transferência de informações pela Internet.

Ele abrange uma gama de diferentes tipos de empresas, desde sites de varejo com foco no consumidor final, até sites de leilões, música, ou mesmo negócios B2B.

O e-commerce permite aos consumidores trocar eletronicamente bens e serviços sem barreiras de tempo ou distância. Não é a toa que o setor expandiu rapidamente nos últimos anos — só em 2017 foi registrado um crescimento de 12% em relação a 2016 — e a previsão é de que continue nesse ritmo.

Num futuro próximo, as fronteiras entre o comércio “convencional” e o “eletrônico” se tornarão cada vez menores à medida que mais e mais empresas mudem seções de suas operações para a Internet.

Mas quais são os sinais de que está na hora de você fazer a transição? Confira.

Quais sinais de que devo abrir uma loja virtual?

Você quer expandir seu negócio. Esse é o primeiro ponto para começar a avaliar se abrir uma loja virtual é uma boa opção. Mas querer crescer não significa necessariamente que a Internet é o caminho certo. Em vez disso, você deve ficar de olho nos sinais abaixo:

1. Você quer melhorar a imagem da sua empresa

Hoje, empresas de todos os tamanhos e indústrias estão estabelecendo uma presença online. Por que? Porque o comportamento do cliente mudou e é pela internet — e pela consequente reputação das empresas nela — que ele baseia suas decisões de compra.

Ter uma presença online, no entanto, não significa necessariamente abrir uma loja virtual. Estar presente nas redes sociais e ter um website informativo já são ótimos pontos.

Mas ter um e-commerce também melhorará a experiência de compra do cliente que, mesmo que prefira comprar de você pessoalmente, terá a oportunidade de conhecer o seu catálogo de produtos e de preços antes mesmo de sair de casa.

2. Você quer reduzir os custos de venda

Como falamos, querer expandir seu negócio é o primeiro ponto para pensar em ter seu e-commerce. Mas um dos sinais de que a internet é uma melhor opção do que outra loja de tijolo e argamassa é que abrir uma loja virtual significa custos iniciais muito baixos.

Você não tem prédios para construir, nenhum veículo para comprar e poucos funcionários (se houver) para contratar. Basta criar seu site e começar a vender.

Se você já está vendendo offline, a transição pode ser muito tranquila. Você continua vendendo os mesmos produtos que conhece e tem uma boa oferta. Colocar sua empresa online simplesmente lhe dá uma nova fonte de clientes.

3. Você quer oferecer seus produtos 24/7

Enquanto alguns restaurantes de fast food, mercearias e postos de gasolina gerenciam serviços 24 horas, isso é impossível para a maioria das empresas. Correção: é impossível sem a internet.

Um benefício importante de ter um site de comércio eletrônico é que seus clientes (atuais e potenciais) possam ler sobre seus produtos e fazer pedidos a qualquer hora do dia ou da noite, seja em dias úteis, finais de semana ou feriados.

Mesmo que você tenha um negócio tradicional de serviços offline, você pode gerar leads enquanto estiver fechado e acompanhar esses possíveis clientes assim que abrir no dia seguinte. Achou a ideia interessante? Sinal de que está na hora de abrir uma loja virtual!

4. Você quer tornar seu negócio global

Com seu negócio de tijolo e argamassa, você está limitado à quantidade de pessoas que estão próximas à sua loja e que cabem dentro dela. Com um bom site, você pode literalmente ter milhares, até dezenas de milhares de pessoas visitando sua loja online de uma só vez.

Imagine o potencial de sua empresa se você pudesse expor seus produtos e serviços a um número potencialmente ilimitado de pessoas interessadas.

Ser capaz de ter milhares de visitantes e realmente tê-los são duas coisas diferentes. O sucesso de um negócio online depende da mesma coisa que qualquer negócio offline: marketing. Veja aqui algumas dicas do Sebrae sobre o marketing para lojas virtuais.

5. Você quer oferecer melhor serviço ao cliente

Seus clientes e possíveis clientes estão constantemente procurando informações específicas em certas momentos da jornada de compra, como:

  • Pesquisar alternativas antes de tomar uma decisão de compra;
  • Resolver um problema com uma compra existente;
  • Tomar uma decisão de compra.

A internet permite que você tenha resposta para eles nesses e em outros momentos. Você pode responder a perguntas, fornecer seminários online sobre vendas e resolver os problemas dos clientes, tudo isso sem perder tempo.

Crie um vídeo, uma folha de especificações do produto ou uma seção de perguntas frequentes (FAQ) uma vez e você poderá direcionar clientes a essas informações por anos. Isso não apenas economiza seu tempo, mas também fornece um serviço melhor.

Com uma presença online, você pode fornecer a eles as informações que estão procurando e, melhor, quando estão procurando. Isso significa menos telefonemas com perguntas técnicas e mais vendas.

Veja aqui como melhorar a sinalização do PDV e aumentar as vendas

Fala-se muito sobre fazer negócios na internet ou abrir uma loja virtual. Para muitos, pode soar muito complicado ou arriscado. Mas há muitas boas razões para começar a vender (e administrar o seu negócio) online.

E você, já identificou alguns desses sinais no seu negócio? Ficou com alguma dúvida? Comente abaixo e interaja conosco e com nossos demais leitores!

Posts relacionados

Deixe um comentário