gamificação no varejo gamificação no varejo

Gamificação no varejo: como ela fidelizará seus clientes

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Há tempos que a psicologia estuda as questões relacionadas à recompensa. Para se ter uma ideia, ainda na década de 1950, um psicólogo chamado BF Skinner estudou o efeito que recompensar causava nas pessoas. Essa pesquisa ainda é útil quando analisamos a gamificação no varejo.

A psicologia e a tecnologia se unem em um processo que visa engajar os clientes das empresas, chamado de gamificação. Siga a leitura nos tópicos a seguir e entenda mais sobre o assunto!

O que é gamificação e como ela pode ser usada como uma estratégia empresarial?

Gamificação é um termo que varia da palavra em inglês “gamification” Trata-se de uma tática que se baseia na estratégia de games e tem um sistema de recompensas. Ela pode ser utilizada de diversas maneiras, não apenas com jogos eletrônicos, propriamente ditos . A técnica já é bastante utilizada pelos educadores, nas escolas, para reforçar o aprendizado das crianças, por exemplo.

Porém, o que poucos sabem, é que a gamificação também pode ser usada no varejo para fidelizar clientes e aumentar o ticket médio do negócio.

A Cooperativa Santa Clara, por exemplo, que produz e comercializa leite no Estado do Rio Grande do Sul, desenvolveu uma ação de gamificação interessante. Nas caixas de leite, há um QR Code, que pode ser lido pelo smartphone do cliente.

Ao fazer a leitura, o consumidor do leite é levado para um jogo chamado de Fazendinha Santa Clara. No game, é preciso que o jogador tome conta de uma fazenda. Para isso, deve fazer a ordenha das vacas, armazenar o leite etc.

A ideia por trás desse jogo é fazer com que o consumidor perceba todo o caminho que o leite passa até chegar na caixinha, em sua mesa do café da manhã. Isso serve para gerar uma aproximação entre a empresa e o cliente.

Como aplicar a gamificação no varejo para fidelizar clientes?

Para que você compreenda sobre como aplicar essa tática na sua empresa visando fidelizar clientes, listamos uma série de exemplos. Veja!

Cartão de fidelidade virtual

Provavelmente você lembra dos antigos cartões de fidelidade que eram distribuídos para os clientes. Neles era feita uma marcação a caneta sempre que o cliente fazia uma compra. Ao atingir uma quantidade X de compras, ele ganhava um bônus, como um produto grátis ou desconto na próxima vez que adquirisse algo no estabelecimento.

Essa estratégia de fidelização antiga pode ser considerada gamificação. Porém, com as novas tecnologias, ela pode ser melhorada. Uma ideia interessante é ter um aplicativo do seu negócio, com o cartão fidelidade inserido de forma virtual.

Assim, será possível, por exemplo, enviar mensagens falando sobre quantas compras faltam para que tal prêmio seja disponibilizado. Dessa maneira, o cliente lembra do seu estabelecimento e ainda é estimulado a retornar.

Quiz

Os jogos de perguntas e respostas, chamados quiz, também são uma boa forma de fidelizar clientes com a gamificação no varejo. A ideia é que você desenvolva um aplicativo ou site que tenha perguntas com alternativas para que os clientes respondam.

As perguntas podem ser sobre a história da sua empresa, os produtos que ela vende ou até mesmo de conhecimentos gerais. O grau de dificuldade das questões precisa ir aumentando de acordo com o avanço dos jogadores.

De tal forma, ao chegar no final do quiz, pode ser disponibilizado como recompensa um cupom de desconto para adquirir um produto no comércio varejista.

Jogos interativos

Assim como o exemplo que citamos da Fazendinha Santa Clara, o seu comércio também pode ter um jogo interativo lúdico. Se você tem uma loja de roupas, por exemplo, pode desenvolver um aplicativo no qual o usuário precisa criar os melhores looks para uma personagem.

Uma pesquisa feita pela empresa PGB indicou que 75,5% dos brasileiros jogam jogos eletrônicos. As pessoas já adquiriram essa cultura e acessam os games quando estão andando de ônibus, na fila do banco, na sala de espera do médico, entre outras situações de ócio.

E, se em vez de jogar um game interativo qualquer, essas pessoas jogassem um jogo da sua empresa? Assim, você estaria estreitando as relações com os públicos e, consequentemente, fidelizando clientes.

Quais são os principais benefícios da gamificação no varejo?

Aplicar a gamificação no varejo pode ser muito benéfico para os negócios do setor varejista. O objetivo principal, conforme explicamos e mostramos exemplos, é fidelizar clientes. Porém, outras vantagens são geradas. Veja quais são elas!

Exposição da marca

Os jogos são algo que as pessoas utilizam para ter lazer e entretenimento. Logo, a sua marca estará presente na vida dos clientes não apenas quando eles pensam em comprar algo.

O aumento da exposição da marca fará com que essas pessoas tenham uma maior predisposição para comprarem da sua loja, quando precisarem de algum produto que você comercializa.

Forte apelo com o público infantil

As crianças de hoje são os consumidores de amanhã! E qual dos pequenos que não gosta de um joguinho no celular ou no tablet? Logo, desenvolver um jogo lúdico com a sua marca, voltado para o público infantil, fará com que esses futuros compradores conheçam a sua empresa.

A gamificação no varejo, como você pode perceber, é uma estratégia que funciona em curto, médio e longo prazo. 

Interesse por parte dos nativos digitais

Os chamados nativos digitais, pessoas que nasceram a partir da década de 1990, hoje já são adultos e consumidores de produtos. Essa geração cresceu em meio a um cenário de ascensão tecnológica e valoriza muito as empresas que utilizam a inovação em suas estratégias.

Logo, ao investir em inovação tecnológica, você também pode despertar a atenção dos nativos digitais, aumentando a quantidade de clientes que compram no seu negócio.

Esperamos que você tenha gostado em saber mais sobre a gamificação no varejo e como ela fidelizará os seus clientes. Afinal, com essa tática, você poderá fazer o seu negócio crescer ainda mais.

A sua loja já utiliza estratégias de gamificação no varejo? Conte para nós no espaço para comentários!

Posts relacionados

Deixe um comentário