Personas Personas

Personas: como definir e atrair o público certo para seu negócio

7 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Você já ouviu falar em personas? Esse é o nome dado a uma das mais consolidadas ferramentas de marketing digital, utilizada nas maiores empresas do mundo e que você pode, em poucos passos, passar a utilizar no seu negócio. Se você já conhece bem seu público-alvo, criar uma ou mais personas é a oportunidade de levar sua comunicação, especialmente nas redes sociais, a um novo nível!

Quer entender melhor essa história, a diferença entre persona e público-alvo e como criar uma para seu negócio? É só seguir a leitura. 

O que é uma persona e qual sua importância?

A persona é um personagem fictício que deve descrever seu cliente ideal, baseado em dados reais. É um personagem fictício porque tem nome, idade, gostos, profissão, renda e pode até ter um rosto (basta que você escolha alguma foto gratuita em um banco de imagens). É real porque, embora não represente uma pessoa que exista de fato, se baseia em informações verdadeiras que você coletou com seus clientes.

Até aqui pode parecer que persona e público-alvo são a mesma coisa, então nada melhor do que levarmos essa história para o campo dos exemplos. Os modelos abaixo são totalmente arbitrários, não passaram por processos reais de definição e servem, basicamente, para ilustrarmos as semelhanças e diferenças. Para esse exercício, consideramos um supermercado de médio porte em um bairro de classe emergente. Vamos nessa?

Público-alvo

Mulheres, de 30 a 50 anos, com renda familiar entre 2 e 3,5 salários mínimos e instrução de nível médio. Consideram preço como principal fator de decisão, seguido de atendimento e, em terceiro, ambiente. 

Persona 

Fernanda, 36 anos, é casada há 8 anos e tem 2 filhos em idade escolar. É secretária meio período em um consultório odontológico e a principal responsável pelas tarefas domésticas e compras de casa. Tem Ensino Médio completo e não possui automóvel próprio.

Gosta de fazer uma “compra do mês” em um atacarejo para aproveitar promoções (mas não gosta do ambiente e do atendimento) e compras semanais no mercado do bairro para carnes e frutas. 

Participa ativamente do orçamento familiar e, embora considere preço o principal fator de decisão na hora das compras, também preza por bom atendimento e organização no PDV. Gostaria de um mercado que entregasse preço, ambiente e atendimento para que não precisasse mais fazer a compra mensal no atacarejo. Não tem cartão de crédito e paga sempre em dinheiro.

Utiliza Facebook, WhatsApp e Instagram, sempre pelo celular. Busca informação principalmente pela televisão. Gosta de pesquisar receitas na internet e sempre monta o cardápio da semana no domingo à noite. 

Por que é importante definir a persona

A persona ajuda a dar pessoalidade a sua comunicação e torna mais fácil e assertivo o processo de definir o tom e a voz da sua comunicação, por exemplo, nas suas redes sociais. Em outras palavras, quando você define a sua persona, está dando um passo no sentido de entregar, em todas as suas comunicações, um conteúdo (texto, imagem, vídeo ou o que for) mais personalizado e que conversa verdadeiramente com seu cliente.

Uma persona bem-feita permite a você atrair os clientes certos e que eles sintam-se mais representados por aquele conteúdo e coopera para sua equipe produzir pensando sempre nesse consumidor ideal. 

Se sua persona for a Fernanda, do exemplo acima, e você tem um blog da sua loja, você sabe que dicas para montar o cardápio da semana, receitas ou um guia para ajudar no planejamento do orçamento familiar, por exemplo, são conteúdos que interessam a ela. Você também saberia que é um ótima ideia anunciar promoções de itens não perecíveis, que são os que ela compra no atacarejo atualmente. 

Resumindo: é mais fácil conversar com alguém que você conhece do que com um completo estranho — por isso definimos personas. 

Como definir personas para seu negócio?

O primeiro passo para definir sua persona é a captação de dados. Se você já tem presença nas redes sociais, uma opção é rodar uma pesquisa por meio delas. Uma forma de fazer isso é com a criação de um formulário online em poucos passos usando essa ferramenta do Google

Se você tem uma base cadastral de e-mails, também vale utilizá-la para rodar essa pesquisa. Fora da internet, você pode realizar o mesmo processo com pesquisas impressas na sua loja ou, então, por telefone. As pessoas valorizam o próprio tempo, por isso, uma ótima ideia é oferecer algum presente em troca da participação, como um vale presente ou desconto na sua loja. 

Quanto mais completo for seu levantamento de dados, melhor, mas, dependendo do meio de contato, seus clientes podem estar mais ou menos dispostos a dedicarem seu tempo. De toda forma, comece sempre com algumas informações pessoais básicas:

  • gênero;
  • idade;
  • estado civil;
  • renda aproximada;
  • filhos (se sim, quantos);
  • ocupação;
  • educação;
  • local de residência.

Em seguida, você pode partir para outras informações valiosas, como:

  • hobbies;
  • redes sociais que utilizam;
  • canais de informação que acessam;
  • assuntos de interesse;
  • objetivos pessoais e profissionais;
  • critérios de decisão na hora de comprar;
  • o que mais agrada/desagrada a elas na hora de fazer compras em (insira seu ramo de atuação).

Você certamente conhece sua área de negócio como ninguém e pode — e deve — adaptar essas entrevistas às especificidades do segmento da sua loja.

Com os dados coletados, é hora de analisá-los e começar a dar forma para sua persona. Organize as respostas em um documento separado e comece a procurar por padrões, respostas que se repetem. Dê um nome, idade, profissão e comece, então, a trabalhar nas informações mais abertas. 

Você pode perceber, no caminho, que tem mais de uma persona definida, o que não é nenhum problema. Outra opção é contar com o auxílio de ferramentas online que ajudam nesse processo. Também vale colocar isso tudo como parte do seu planejamento estratégico, definindo os responsáveis e as etapas. 

Como usar as personas no marketing?

Vamos à prática? Além de dar clareza a quem são seus clientes — de maneira muito mais personalizada do que com uma pesquisa de público-alvo —, as personas têm o papel de melhorar todo tipo de comunicação entre sua marca e seus consumidores. 

Com elas definidas, você (ou quem cuida das suas redes sociais) pode produzir conteúdos e interações sabendo para quem você está escrevendo. Com uma persona é possível criar textos, imagens e publicações nas redes sociais tendo em mente uma pessoa que receberá aquele material. 

Gostou de aprender mais sobre personas? Elas são importantíssimas para avançar com a sua estratégia de marketing digital e têm tudo a ver com outro tópico: segmentação de mercado. Quer saber mais? Confira este nosso artigo sobre segmentação de mercado: o que é, como fazer e quais as vantagens

Posts relacionados

Deixe um comentário