saúde e qualidade de vida saúde e qualidade de vida

Como ter saúde e qualidade de vida?

6 minutos para ler

Você tem qualidade de vida? Pergunta complicada, não? A Organização Mundial da Saúde define que qualidade de vida engloba a “saúde física e psicológica, a independência, as relações sociais, as crenças pessoais e a relação com tudo que isso envolve”. 

Outro jeito, mais simples, de encarar essa história é com aquela velha máxima: corpo são, mente sã. Nem todos os fatores que influenciam nossa qualidade de vida estão totalmente sob nosso controle, mas podemos encarar alguns deles e trabalhar, um pouquinho por dia, para que a cabeça e o físico estejam sempre fortes. 

A FortBrasil traz para você quatro pontos para trabalhar sua qualidade de vida no seu dia a dia. Nada melhor do que se sentir bem, certo? Fique com a gente e boa leitura!

Como ter mais saúde e qualidade de vida no dia a dia?

Não existe fórmula mágica: qualidade de vida está no conjunto daquilo que impacta diretamente nosso bem-estar, o que comemos, como vivemos nossos dias, quanto nos precavemos. Vamos lá!

Comer bem não precisa ser caro

Não poderíamos começar com outra coisa, afinal, você é o que você come, certo? Já falamos sobre hábitos saudáveis de alimentação outras vezes aqui no Blog da FortBrasil, mas vale a pena reforçar algumas ideias.

A primeira dica, quando conversamos sobre alimentação, é buscar comidas frescas. Se a correria da rotina permitir, troque a compra do mês por compras semanais ou, pelo menos, mais frequentes. Quando vamos mais ao mercado (ou à feira, sacolão, açougue), a tendência é de comprarmos menos produtos industrializados e mais alimentos frescos. 

Outra dica de ouro é prestar atenção à sazonalidade, isso é, dar preferência para os alimentos que estão na época natural de colheita. Com a tecnologia atual, até é possível plantar frutas e vegetais o ano inteiro, mas eles são mais saudáveis e mais baratos na estação certa! Neste outro artigo do Blog, sobre hábitos saudáveis de alimentação, tem uma lista bem legal com alimentos e suas estações. 

Um pouco de atividade física

Ok, todo mundo sabe da importância da atividade física regular e, também, que falar é muito mais fácil do que fazer, mas não custa reforçar o tamanho do bem que esse hábito pode fazer pela gente. Vamos passar por alguns dos inúmeros benefícios de deixar o sedentarismo para trás:

  • reduz o risco de sofrer com doenças cardíacas;
  • diminui o estresse;
  • fortalece ossos, músculos e articulações;
  • previne o desenvolvimento de doenças como a diabetes e problemas de pressão alta;
  • melhora o sono etc.

Essa lista contém muitos outros itens e lembre-se de que não precisa associar atividade física a ir todo dia à academia — se não gosta de academia — ou a correr na esteira. Trocar o carro ou ônibus pela caminhada, quando possível, ou o elevador pela escada, já são pequenas mudanças que em longo prazo podem fazer uma diferença e tanto.

Se quiser ir um pouco além, encontre uma atividade que seja um prazer, e não um peso, na sua rotina. Talvez algum esporte que goste e nunca teve a chance de praticar? Ou, quem sabe, tem um clube ou escola pública perto da sua casa que ofereça aulas para adultos. Se você trabalha no comércio, não deixe de conferir se o Serviço Social do Comércio (SESC) tem uma unidade na sua cidade.

Lazer é coisa séria 

Quanto tempo por semana você dedica ao lazer? Qual importância do lazer quando planeja seu orçamento familiar? Ou, então, pense em quanto tempo as crianças dedicam às brincadeiras e a fazer o que gostam e como isso faz os pequenos felizes. Traga um pouco disso de volta para sua rotina.

A vida corrida do dia a dia cobra muito da gente. Entre trabalho, transporte e cuidar das crianças, da comida e da casa pode ser para lá de difícil encontrar tempo para simplesmente fazer aquilo que nos diverte, mas o lazer tem uma importância tremenda na nossa saúde e qualidade vida.

Pesquisas indicam, por exemplo, uma relação bem direta entre tempo dedicado ao lazer e estresse. A dica é pensar na sua diversão como algo tão prioritário quanto cuidar da higiene e da alimentação. Se você já tem uma rotina de controle financeiro pessoal, por exemplo, separe um pouquinho de dinheiro para lazer como parte do seu orçamento familiar.

Se tem algum hobby dedique mais tempo a ele, e se não tem, tire um tempo para pensar em algo que gostaria de aprender a fazer e nunca teve a oportunidade. Pode ser desde de tocar um instrumento ou cantar até praticar algum esporte ou costurar. Se fazer aulas estiver fora da sua realidade hoje, transforme o YouTube no seu melhor amigo, provavelmente tem alguém incrível por lá ensinando algo que você queira aprender. 

Não precisa esperar ficar doente para ir ao médico

Por fim, mas definitivamente não menos importante, não poderíamos deixar de falar sobre medicina preventiva. Infelizmente, é comum deixarmos para ir ao médico apenas quando realmente não tem outro jeito. Pelo menos a cada dois anos é preciso consultar um médico de confiança e fazer o famoso check-up.

Realizar exames de rotina pode ajudar você a descobrir uma série de doenças ainda em seus estágios iniciais, quando o tratamento é muito mais efetivo. Também, um check-up bem completo verifica seu colesterol, glicose, ritmo cardíaco, as células sanguíneas e, para as mulheres, não se esquecer da mamografia, importantíssima para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

E, claro, corpo são, mente sã, então não subestime a importância de cuidar, também, da cabeça. Desânimo constante, insônia ou sono constante, e apetite excessivo ou nulo, são alguns dos sintomas que alguma coisa pode não estar legal no seu psicológico. Então, nada de deixar para lá ou achar que o tempo resolve: procure a ajuda de um psicólogo.

Com um pouco de atividade física e visitas regulares ao médico, sem esquecer de comer bem e se divertir, estamos sempre caminhando para uma vida mais plena e feliz.

E se você gostou das dicas da FortBrasil para ter mais saúde e qualidade de vida, compartilhe este post nas suas redes sociais e leve informação para seus amigos e familiares.

Posts relacionados

Deixe um comentário