ticket médio ticket médio

Saiba como aumentar o ticket médio da sua loja com estas 7 dicas

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Quem atua na área de vendas sabe como é importante sempre melhorar o ticket médio do negócio. Essa é uma métrica muito importante para o comercial e o marketing, pois é um indicador de como está a performance da equipe. Por isso, é essencial que ela esteja atrelada a uma meta, bem como sua equipe de vendas precisa ter um plano de ação.

Para tanto, produzimos para você este post especial com 7 dicas de como alavancar seu ticket médio de sua empresa. Continue a leitura e saiba mais!

1. Melhore o mix de produtos

É importante contar com um mix de produtos na sua loja. No entanto, não pode ser qualquer mix. A escolha dos produtos deve resultar de análises de mercado e de comportamento do cliente. Para tanto, você deve contar com profissionais de marketing de produto a fim de definir seu cluster (fatias de consumidores).

É importante considerar o desenvolvimento de produto, o uso de técnicas de entrevista e a matriz BCG para ter mais qualidade nas suas tomadas de decisões. Faça o controle de indicadores para identificar quais são os produtos com maior facilidade de penetração no mercado.

2. Pratique o crosselling e upselling

As técnicas de crosselling e upselling são essenciais para quem quer melhorar seu ticket médio. O crosselling consiste na ação de oferecer ao consumidor um produto complementar ao que ele escolheu. É uma estratégia de aumento de receita, mas também de melhoria da experiência do cliente.

O upselling é quando se é ofertada uma versão superior do produto escolhido anteriormente. Essa é uma boa prática muito usada por empresas de SaaS (Software as a Service, ou Software como Serviço). No entanto, pode ser implementada em qualquer contexto.

No varejo, por exemplo, essa prática é muito comum na oferta de um upgrade que traz um desconto, como leve 2 pague 1. Essas estratégias atraem a atenção do cliente, porque ele enxerga uma vantagem naquela transação. Existem outras formas de implementar essas práticas, e isso vai depender do seu modelo de negócio e dos objetivos.

3. Ofereça brindes e cortesias

Nunca submestime o poder dos brindes ou do teste grátis. Os brindes são uma forma de agregar valor à experiência do cliente. É como se fosse um recado da sua marca para o consumidor: “você é importante para nós, por isso, estamos presenteando você”.

Já o teste grátis funciona como um gatilho para o cliente viver a experiência de usuário e ter suas percepções em relação ao produto. Ela é válida em qualquer perfil de negócio, sendo que o que vai mudar é o formato. No varejo, essa oferta de teste grátis costuma ser amarrada com uma promoção do produto, tornando-o imperdível para o cliente.

4. Invista na gestão de relacionamento

Ter cuidado com o relacionamento com o cliente é primordial para aumentar seu ticket médio, diminuir o CAC (Custo de Aquisição de Clientes) e fortalecer o LTV (Lifetime Value, ou Valor do Cliente no Tempo). As ações dessa estratégia contemplam toda a jornada do cliente.

É interessante destacar que a gestão de relacionamento tem atuação mais forte com o pós-venda, ou seja, com as ações para fidelizar o consumidor. Uma dica é usar um software de CRM (Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente). Essa solução permite que você acompanhe cada etapa da jornada do consumidor e do funil de vendas, além de ter recursos para realizar o marketing para a gestão de carteiras.

5. Faça parcerias estratégicas

As parcerias estratégicas têm impacto direto em seu ticket médio. Você pode conquistar parceiros para diferentes tipos de ações. Uma das frentes de destaque é o apoio em divulgação, por exemplo. Com as redes sociais, essa técnica tem alcançado resultados extraordinários.

Hoje, por meio da figura dos influencers digitais, sua marca pode chegar a milhares de pessoas por meio de uma única postagem. Essa é uma das boas práticas de parcerias mais eficazes, considerando o volume de usuários ativos nas redes sociais.

6. Adote campanhas de incentivo

É importante que sua equipe de vendas esteja engajada para aumentar o valor do ticket médio. A gestão estratégica de pessoas tem um papel crucial para os resultados do seu time comercial. Motivar a equipe não é uma tarefa fácil. Por isso, você deve casar ações para estimular seus vendedores.

As campanhas de incentivo são uma boa prática de gestão de pessoas na área de vendas que alcançam resultados satisfatórios. Elas funcionam no modelo da gamificação e da meritocracia, em que, por meio do lúdico, sua equipe entrega boa performance e ainda é recompensada pelo alto desempenho.

Qual profissional não quer receber o proporcional ao tanto que trabalha? Essa estratégia acaba conquistando um índice de engajamento muito interessante e positivo para o crescimento do seu ticket médio. Além disso, há outras vantagens, uma vez que ela favorece a autogestão, a colaboração e o protagonismo da sua equipe.

7. Atue de forma preditiva

Ter planejamento é uma das melhores dicas que podemos dar para você melhorar seu ticket médio. Ele deve partir de um diagnóstico do seu negócio com a definição de metas. Essas informações devem apontar quais são os produtos prioritários para venda e como a equipe pode colocar isso em prática.

Para tanto, você terá de criar uma rotina de acompanhar os indicadores de vendas do seu negócio. Não espere o fechamento do mês. O acompanhamento contínuo faz parte de uma boa prática de gestão preditiva. Nela, os gestores usam os dados para identificar tendências e corrigir a rota da estratégia, caso seja necessário.

Como calcular o ticket médio da loja?

Não adianta conhecer todas essas dicas de como melhorar o ticket médio se você não souber como calcular essa métrica, não é mesmo? Basicamente, trata-se da média da soma do valor de vendas dividido pela quantidade de produtos vendidos. Quanto mais próximo do produto de maior valor, melhor é seu ticket médio. Assim, temos:

Ticket médio = soma de valores dos produtos vendidos/ quantidade de produtos vendidos

Agora que você sabe como calcular o ticket médio e sua importância, lembre-se de criar um cronograma de análise desse indicador. Além disso, faça um painel de relatório para comparar os resultados com outras métricas essenciais, como CAC, LTV, Chrun Rate (Taxa de Rejeição) e NPS (Net Promoter Score, ou Índice Líquido do Promotor).

O que você achou deste post? Se você gostou do conteúdo e quer aprender mais sobre como melhorar o resultado financeiro do seu negócio, aproveite e confira o nosso artigo sobre atendimento ao cliente.

Posts relacionados

Deixe um comentário